Skip to content
FundosImobiliarios.net

Letra de Crédito Imobiliário: veja como funciona e vantagens

Letra de Crédito Imobiliário

Em tempos passados quem desejasse investir em Letra de Credito Imobiliário precisava atender a algumas condições estabelecidas. Com as necessidades desse setor aumentadas essas aplicações começaram a crescer.

Dessa maneira, LCI como é chamada, são investimentos em renda fixa lastreados para o setor imobiliário. São considerados seguros por possuírem baixo risco para quem deseja investir neles, pois são mais constantes.

Sendo assim, existem alguns tipos de aplicação de capital disponíveis para os possíveis “credores” que devem atender as suas necessidades. Nesse cenário, o investidor pode escolher o que está dentro da realidade dele.

Mas para conhecer mais sobre como funcionam essas aplicações o artigo presente apresenta tudo o que eu é necessário saber. Vantagens e disponibilidade além dos lucros podem ser entendidos a partir dessa leitura.

Por isso, no final da leitura desse artigo será possível saber como aplicar nesse investimento e se isso é vantajoso.

Logo, é uma oportunidade acessível e disponível para quem quiser, com muitas condições e facilmente aplicável.

O que é Letra de Crédito Imobiliário?

Quem está acostumado e entende do mundo dos investimentos já deve ter ouvido falar da LCI. Mas, para quem não pertence ao ramo, é melhor entender para que serve o LCI do que a sigla em si.

Nesse sentido, a Letra de Crédito Imobiliário é um tipo de investimento e o mais procurado pelos brasileiros, por sinal. No geral, é um título de renda fixa que visa gerar recursos para aplicar no ramo imobiliário.

Isso significa que esse dinheiro investido no banco é usado em várias áreas no setor de imóveis para gerar lucros.

Sendo assim, os mais comuns são os títulos pré-fixados que apresentam um rendimento constante tido como mais “seguro”.

Dessa maneira, a característica essencial desse tipo de capital é o fato dele ser lastreado, ou seja, possui um peso atribuído. Nesse caso, na área imobiliária quer dizer, então, que esse capital é usado pelos bancos no setor predial.

Logo, podem ser emprestados a qualquer tipo de banco, do privado ao público desde que tenha autorização do banco central.

Também, deve ser registrada na Cetip, a Central de Custódia e Liquidação Financeira de Títulos Privados.

Além do mais, é importante ter atenção na hora de investir, pois existe uma sigla parecida com o LCI que é a LCA.

Desse modo, muito apesar de serem modelos de investimentos similares, a LCA trata do agronegócio.

Portanto, A Letra de Crédito Imobiliário é um dos meios pelos quais se consegue recursos para garantir empréstimos. Por isso, esses centros de movimentações financeiras compram tais títulos para dar capital aos clientes.

Letra de Crédito Imobiliário

Como Funciona o Investimento em Letra de Credito Imobiliário?

Já que os títulos vendidos pelos bancos para reter capital para suas movimentações financeiras, eles transformam o

investidor em credor. Mas, a maior pergunta deve se direcionar ao fato de o que o banco ganha com isso.

A resposta é simples: os juros obtidos nos empréstimos que esses investimentos financiam são altíssimos. Dessa maneira, o responsável por gerenciar essas transações acabam tendo lucros exorbitantes.

Para explicar melhor como funcionam esses juros o setor de finanças tem um termo muito usado, o spread bancário.

Essa denominação se dá à diferença entre o dinheiro pego no empréstimo e o valor final pago por quem o fez.

Nesse sentido, quem investe no LCI também recebe juros desses créditos, porém são menores do que os que banco recebe. Assim, são bastante atraentes principalmente se o credor é do tipo que investe em poupança.

Quanto rende

Existem três tipos de rentabilidade para o processo de investimento em Letra de Credito Imobiliário:

Prefixados

Nessa modalidade, quem oferta o investimento sabe exatamente quanto irá receber no final da aplicação quando o dinheiro for retirado.

Pós-fixados

Nessa maneira de investimento, quem investe apenas fica ciente do valor no final do prazo da aplicação. Mas, se pode ter uma base visualizando alguns indicadores financeiros como o CDI e a taxa Selic.

Híbridos

Nessa perspectiva, o investimento pode ser aplicado nas duas formas citadas acima, um parte na versão prefixada e outra na pós-fixada.

Como investir em LCI?

Ao longo do tempo de desenvolvimento do mundo dos investimentos as necessidades do setor de Letra de Credito

Imobiliários aumentou. Por isso, tem sido de grande atrativo para investidores que se interessam pela área.

Abaixo estão listados os passos necessários para realizar um investimento certeiro na área do LCI:

  • Escolher uma plataforma especifica;

Existem diversas plataformas nas quais é possível investir na Letra de Credito Imobiliário.

É importante escolher uma de confiança e de acordo com a disponibilidade do investidor para obter uma boa rentabilidade.

  • Abrir a conta;
  • Transferir o valor a ser investido;
  • Escolher a forma de aplicação da LCI;
  • Simule a rentabilidade na modalidade escolhida para ter certeza;
  • Compre a LCI.

No geral, é necessário mirar no horizonte para realizar esse tipo de investimento, uma vez que assim a rentabilidade será maior. Nesse cenário, a empresa “contratada” terá um tempo maior para fazer o dinheiro render.

Também, ao longo do período de aplicações e à medida que forem rendendo, é importante realizar investimentos maiores. Porque, quanto maior for o valor investido maior será o rendimento trazido por ele.

Por fim, o aplicador deve acompanhar todo o processo e o valor final recebido sempre para não acabar sendo lesado.

Além disso, é bom saber o que está acontecendo com o dinheiro investido para não ter surpresas no final.

Vantagens de investir em LCI

É perceptível que a LCI apresenta grandes vantagens no setor de finanças de qualquer economia. Uma das maiores vantagens desse tipo de aplicação financeira é sem duvidada a isenção ao imposto de renda.

Por isso, tal tipo de investimento se torna mais rentável, já que nele não são cobrados impostos como outras aplicações. Além do mais riscos corridos pelo aplicador não são tão altos se comparados a outros tipos de renda variável.

Isso acontece por causa da cobertura do FGC, Fundo Garantidor de Credito. Essa é a forma de segurança que garante de retorno, pois protege do investidor caso o banco investido ou instituição financeira venha a falir.

Isso mostra que o investimento em Letra de Credito Imobiliário é feito de forma segura, econômica, rentável e também flexível.

Para quem é indicada a LCI?

A LCI é indicada para investidores que estão à procura de aplicações de acordo com o andamento do mercado financeiro. Entretanto, é muito vantajoso para quem procura diversificar a carteira pois financia um setor estratégico.

Então, quem procura investimento de baixo risco com rendimentos seguros. Portanto, se o aplicador é adepto à poupança, que admira e preza pela constância da mesma esse é o tipo de capital certeiro para essa pessoa.

Para quem está à procura de empregar capital sabendo das tolerâncias dos riscos e o tipo para investir. Também pode ser adaptado ao momento financeiro no qual a pessoa que investe está imersa.

Tributação

No atual momento econômico do pais não existe ainda impostos cobrados sobre a Letra de Credito Imobiliário, porém isso pode mudar. Desde o ano passado, 2019 há um rumor de que por causa da crise vivida isso mudará.

Isso porque a nova equipe econômica do governo vem sinalizando que poderá haver uma taxação nesse tipo de aplicação. Por causa da necessidade do governo em arrecadar capital e do grande crescimento desse setor.

Mas, uma boa notícia é que os especialistas nessa área econômica estão prevendo que isso acontecerá apenas nas aplicações novas. Sendo assim, eles acreditam que não haverá taxação para as aplicações já existentes.

Uma vez que seria como quebrar um contrato com o aplicadores que já estão no mercado. Dessa maneira, nessa janela de tempo que esses impostos não são cobrados os investimentos devem ser feitos no maior prazo possível.

Conclusão

Tendo em vista as conclusão supracitadas, a Letra de Crédito Imobiliário se mostra uma forma vantajosa de investimentos. Não só por causa do jeito fácil de investir, mas também pelo fato de por enquanto não serem taxado impostos.

Os juros são muito baixos e a falta de taxas sobre ele pode garantir que seja mais rentável do que a maioria das aplicações financeiras. Isso quer dizer que com esse tipo de aplicação existe a maior possibilidade de conseguir dinheiro.

A LCI então é conhecida por ser uma ótima oportunidade para investidores mais rústicos com características conservadoras. Sendo aqueles que não costumam arriscar tanto, os mais moderados.

Portanto, a maior finalidade do LCI é a possível diversificação porque essa estratégia protege o patrimônio de quem investe. Além disso, garante bons rendimentos para o portfólio do investidor interessado nessa aplicação.

Com isso, se alguém possui a pretensão de diversificar a carteira e auxiliar na economia do país em crise essa é uma ótima alternativa. Pois o ramo imobiliário já se mostra ganhar folego em meio a esse cenário econômico.

Nessa perspectiva, o mercado tende a melhorar e esse tipo de título deve aumentar no país sendo muito rentável para quem investe. Aumentando então a variação do tipo de aplicação, condições e prazos de vencimento.

Por fim, para melhor decidir qual título é mais vantajoso para cada investidor é necessário estar constantemente visualizando a taxa CDI. Essa é aquela que garante a segurança do investidor.