Skip to content
FundosImobiliarios.net

O que é Balança Corrente e para que serve?

balança corrente

A contabilidade de um país é baseada em três tipos de balança. A Balança corrente está entre elas. As outras duas são a comercial e a de transferências unilaterais.

Mas se você não tem a menor ideia do que estamos falando fique até o final do texto para entender como a balança corrente funciona e como ela impacta a vida dos brasileiros.

O que é Balança Corrente?

A Balança Corrente com dissemos anteriormente é uma das três balanças que compõe o total das negociações nacionais com o restante do mundo.

A Balança Corrente também compõe a balança de pagamentos, junto com as balanças de capital e financeira. A Balança Corrente é formada por três outras tipos de balanças. Entre elas:

  • Balança comercial
Balança comercial
Imagem exemplo.
  • Balança de rendimentos
balança de rendimentos
Imagem exemplo.
  • Balança de transferência unilaterais
Imagem exemplo.

Os valores relevantes ao número de importações e exportações do país compõem essa balança. Ela representa, dessa forma, o montante que o país comercializa com o restante do mundo.

Também registra o montante do dinheiro que entra e sai do país. Seja por meio de importação ou exportação, podendo ser de produtos, serviços ou capital financeiro, como transferências comerciais.

A Balança Corrente representa um dos indicadores econômicos mais importantes de um país. A partir dele é feita a verificação da dependência de países estrangeiros.

E como isso é feito? Se a balança está a favor para o país, indica que esse país não está dependendo do exterior. Se a balança estiver contra a dependência do exterior é muito maior.

Para que serve uma balança corrente?

Outra pergunta seria como verificar a dependência do exterior? Através das balanças que compõem a Balança Corrente. Dito isso vamos analisar cada uma delas a seguir.

Balança de bens – registra tudo o que é importado e exportado do país para qualquer local do mundo, sendo produtos ou mercadorias.

Balança de serviços – registra a quantidade de serviços prestados para países estrangeiros. Podemos citar o turismo e área de transporte como exemplos.

Balança de rendimentos – registra os valores utilizados por estrangeiros que realizam negociações no país ou residentes que realizam negociações no exterior.

Balança de transferências unilaterais – são valores referentes as remessas de dentro para fora do país ou do exterior para dentro do país.

Sendo utilizada com indicador, a Balança Corrente pode identificar e sinalizar outros fatores da economia de um país.

Como na crise atual, onde os mercados do planeta estão em colapso.

Nesse caso as importações e exportações tendem a diminuir. Caso as exportações não consigam permanecer equilibradas, os riscos tendem a diminuir o crescimento. Já as importações tendem a aumentar. Isso seria lógico, se não fosse o caso da corona vírus.

Sendo assim, o aumento das importações poderia facilitar a entrada de produtos no país. No caso da corona vírus esse movimento está sendo realizado ao contrário. Mesmo assim, a balança comercial do país está tendendo para caída, o que demonstra as dependências de países estrangeiros.

Em um cenário saudável, longe de vírus, o câmbio tende a potencializar as exportações. Na prática, usando uma moeda forte como negociadora, os produtos importados tendem a ficar mais caros. Diminuindo assim as importações.

A Balança corrente pode dizer o que?

A Balança Corrente faz parte das três principais balanças primárias que fazem parte da balança de pagamentos. Compõem a balança de pagamentos a Balança Corrente, a balança capital e a balança financeira.

Atualmente duas contas indicam de forma resumida as transações econômicas do país. Entre elas estão a conta corrente e a conta capital financeira. Vamos explicá-las.

Conta corrente – registra as entradas e saídas, pagamentos e transferências de um país relacionados ao comércio de bens e serviços. Sendo assim, as transações correntes analisam os rendimentos, exportações e importações realizados no país.

As contas capital e financeira estão subdivididas em outras duas contas distintas. Sendo assim descritas abaixo:

Conta capital – registra o total de transferências entre países. Também atuam nas operações de doações, no perdão de dívidas externas ou até mesmo em transferência de valores e patrimônio de imigrantes.

Conta Financeira – esta subdividida em mais quatro contas, sendo elas as de investimento direto, investimento em carteira, derivativos e outros investimentos.

Explicando as subdivisões da conta financeira, elas praticamente abrangem todos os ativos financeiros. Além disso também realiza os registros de entradas e saídas dos valores monetários do país. Agindo como compensadora de outras contas.

O balanço de pagamentos analisa a economia de um país com um todo em relação as negociações comerciais de um país com o restante do planeta. Esse balanço pode dar suporte ao Banco Central quando existir necessidade de intervenção nas taxas de câmbio.

Exatamente como está ocorrendo agora da economia mundial e afetando assim as bolsas internacionais e impactando diretamente no nosso país.

Conclusão

Por fim, a corrente sofre diretamente impacto da balança comercial. A balança comercial em si, avalia a relação entre importação e exportação de um país. Integrando assim a balança de pagamentos.

Dando um exemplo de como isso impacta, vamos usar o dólar. Uma vez que uma empresa nacional vende seus produtos ou serviços no exterior o comprador realizará o pagamento em dólares.

Atuando como moeda internacional de troca, o dólar recebido terá seu cambio realizado por corretoras e bancos. Logo, os bancos e corretoras venderão os dólares para empresas que realizam importação.

Sendo assim elas utilizarão os dólares para troca por produtos ou serviços estrangeiros. Dessa forma tornado a exportação possível. O atual cenário está levando ao caos essa cadeia.

Uma vez que as fábricas estão paradas na China por causa da corona vírus, as importações foram prejudicadas e as exportações nacionais seguiram o mesmo caminho.

Sendo a China um dos principais parceiros comerciais do Brasil, a exportação de peças básicas para montagem de vários produtos foi prejudicada. Dito isso, a Balança Corrente do país corre o risco de entrar em déficit.

Fazendo com que o Banco Central atue diretamente no preço do dólar e assim, garantindo um equilíbrio nas contas do país. Tudo isso ainda sem previsão para superação da crise.

O cenário nacional de acordo com a Balança Corrente nos remete a crises anteriores como a de 2008. Onde o país passou por um longo período de retorno ao crescimento.