Skip to content
FundosImobiliarios.net

Saiba o que é Adimplência e veja exemplos

Adimplência

Adimplência é um termo comumente utilizado, mas que nem todos compreendem seu significado. Eventualmente ligado a relações comerciais, é uma forma de classificação para bons consumidores.

Em resumo, adimplentes são aquelas pessoas que conseguem cumprir com suas obrigações financeiras. Ou seja, não atrasam pagamentos e os efetuam em dia, como acordado.

Para muitas relações comerciais será avaliado se você é um consumidor adimplente ou inadimplente. Também, se tiver um comércio, deverá ficar de olho neste ponto. Especialmente para garantir a saúde de seu negócio e a rentabilidade.

O que é Adimplência?

Adimplência é um termo que designa o estado de uma pessoa da qual cumpriu todas as obrigações. Das quais lhe cabiam em uma relação comercial. Por exemplo, se você comprou um produto em uma loja e pagou, logo, você está adimplente.

Já o termo contrário é inadimplência. Da qual caracteriza quem descumpriu suas obrigações em uma relação. Assim, podemos utilizar como exemplo quem comprou um produto em uma loja, mas não pagou.

É comum ouvirmos esse termo ao tratar sobre finanças de determinada empresas ou órgãos. Aliás, este é um dado importante para garantir a saúde de seu negócio. Afinal, ter um número alto de inadimplência pode ser prejudicial.

Também, ser uma pessoa adimplente é positivo como cidadão. Logo, demonstra que você é uma pessoa da qual cumpre com suas obrigações financeiras.

Desta forma, em momentos de compra a prazo, por exemplo, sua possibilidade de conseguir é maior. Já para os inadimplentes as coisas não são tão fáceis. Porque são em geral maus pagadores e não cumprem suas obrigações financeiras.

O que é desconto de adimplência?

Como dito, manter a adimplência é extremamente importância para comércio e lojas. Afinal, é uma garantia que seus clientes estão consumindo seus produtos e pagando por eles em dia.

Apenas dessa forma o proprietário terá dinheiro para fazer novas investimentos em seu negócio. Por exemplo, comprar novas mercadorias, investir em um estoque ou mesmo em melhorias à empresa.

Desta forma, para estimular os consumidores a serem adimplentes, alguns comerciantes aplicam descontos. Ou seja, se você pagar o produto em dia, pagará um valor menor que o proposto.

Esta tática é muito utilizada por universidades. Em resumo, suponha que a mensalidade é de R$ 800,00 por mês. Caso o aluno pague com antecedência ele terá descontos. Inclusive, quanto antes ele pagar, menor será o valor total.

Portanto, a mensalidade que era R$ 800,00, pode ser R$ 600,00 se for paga com duas semanas de antecedência.

Mas também pode ser R$ 700,00 se paga com uma semana apenas.

Então, com está prática, estimula que os consumidores quitem suas despesas com antecedência. Assim, além do proprietário receber o dinheiro no tempo previsto, os clientes também ficam mais satisfeitos com o valor.

Adimplência

O que é atestado de adimplência?

Para realizar algumas contratações ou parcelamentos, é possível que exijam do cliente um atestado de Adimplência. Ou seja, um documento que comprove que a pessoa cumpre com todas as suas obrigações financeiras.

Esta declaração pode ser feita a partir de um modelo estabelecido pela própria empresa ou pelo consumidor. Em geral, deve conter o nome da empresa, CNPJ, nome do consumidor, CPF e endereço. Bem como o informe de que está adimplente.

Lembrando que, é de responsabilidade do cidadão se manter como adimplente. Afinal, ao contratar um serviço ou adquirir um produto assume o compromisso de quitar suas obrigações em dia.

Sendo assim, caso não faça os pagamentos em dia, estará diminuindo suas chances de contratação de novos trabalhos.

Além de impedir que faça uso de alguns benefícios futuros, como os descontos mencionados acima.

Geralmente, é comum a solicitação deste atestado para contratos com universidades ou escolar particulares. Desta forma os gestores possuem segurança de que o pagamento das mensalidades será feito.

Qual a diferença entre adimplentes e inadimplentes?

Para entender a diferente entre adimplentes e inadimplentes é preciso antes saber o que é cada um deles. Logo, adimplentes são as pessoas que cumprem suas obrigações financeiras. Ou seja, respeitam o vencimento de todas suas faturas e não cometem atrasos.

Já os inadimplentes são aqueles que não cumprem com suas obrigações financeiras. Desta forma, atrasam pagamentos, perdem o prazo de validade de boletos e em alguns casos nem realizam os pagamentos.

A Adimplência é algo bem visto pela sociedade, sendo assim, os comerciantes preferem clientes adimplentes. Entretanto, os inadimplentes possuem mais dificuldade em conseguir realizar compras, por não cumprirem suas obrigações.

De modo geral, ao falar em mercado, há uma grande diferença entre os adimplentes e inadimplentes. Por exemplo, as pessoas que quitam suas obrigações em dias são totalmente buscadas pelos clientes.

Aliás, até descontos são oferecidos em casos de quitação em dia. Porém, no caso dos inadimplentes é bem diferente, eles são evitados. Até mesmo porque não conseguem cumprir com suas obrigações financeiras.

Exemplo de adimplência

Talvez o conceito de Adimplência não seja tão simples para seu entendimento. Porém, ao trazer exemplos reais será mais fácil de compreender do que se trata.

Inicialmente suponha que Pedro e Diego são amigos e que um deles deseja vender seu carro. Assim, Diego deseja adquirir o item e fazem um contrato de compra e venda.

No documento está descrito que o pagamento será feito em duas parcelas. Ou seja, 50% ao receber o carro e 50% após um mês de uso do veículo. Logo, Diego tem a obrigação de quitar as duas parcelas e Pedro de entrar o item na data.

Então, na data prevista Pedro entrega o carro e Diego para a primeira parcela. Entretanto, após um mês de uso, a segunda parcela não é quitada no período previsto. Desta forma, apenas uma parte está adimplente no processo, que é Pedro.

Já Diego está inadimplente, porque não realizou a sua obrigação, que era quitar a segunda parte do pagamento.

Contudo, suponha que Diego tenha realizado os pagamentos, mas não recebido o carro. Então, quem estaria inadimplente seria Pedro.

Em resumo, cumprir com suas obrigações financeiras, em dia, independente de qual sua aquisição garante que seja adimplente. Também é válido para o consumidor quanto para o vendedor.